atendimento@inspirepessoas.com.br
(62) 98411-2014
24
outubro
inspirepessoas
Artigos e Dicas
O que você mostra e o que seu cliente vê

Como é que você tem se mostrado para o seu mercado? O seu trabalho, o seu negócio, como é que tem sido visto pelo seu cliente? Talvez você tenha a intenção de se mostrar de uma forma e seu cliente esteja lhe enxergando de outra, completamente diferente! Ou, ainda, o cliente que você quer é aquele que está lhe vendo e vindo até você?

Essas são perguntas simples, mas não fáceis de responder assim, de pronto. Vamos por parte. Acompanhe meu raciocínio que vou levá-lo passo a passo. Aposto que você já ouviu aquela frase que diz que se deve entregar o que o cliente espera, certo? Aqui estão dois aspectos que merecem sua atenção a partir de agora: quem é o seu público e o que ele deseja ao procurá-lo.

Para resolver esse impasse, você pode começar a ouvir quem já tem ajudado com seu trabalho. Só que não é qualquer escuta. É uma escuta ativa, aberta e sem julgamentos ou tentativas de se defender. Todo feedback, seja positivo ou negativo, deve ser visto com bons olhos. É uma excelente oportunidade de descobrir o resultado que entregou e lhe dá condição de se posicionar cada vez melhor.

Esteja aberto a ouvir e a fazer mudanças de posicionamentos. Como você tem recebido as críticas? Você tem parado para ouvir seus clientes atentamente ou tem se posicionado no mercado acreditando que está tudo certo, sem escutar os feedbacks? Tem conseguido expor a quem lhe procura que seu produto ou serviço realmente resolve a dor dele, o problema dele? Esses feedbacks vão lhe trazer muita clareza a respeito de saber se você realmente entrega aquilo que você sonha em entregar.

O segundo aspecto essencial, de extrema importância, é desvendar o seu público-alvo. Você se preocupa com quem está pronto, seguro e preparado para atender às suas expectativas de onde e como quer estar em seu mercado? Quem são essas pessoas, onde elas estão, o que fazem, que dores e problemas têm que você pode resolver de forma diferenciada? Ao ter a clareza da fatia da população com quem quer ter relacionamento profissional estará sendo capaz de oferecer, inclusive, ainda mais do que eles estão esperando e alavancar seus resultados de mudança, solução, posicionamento, autoridade e, claro, remuneração.

É bem comum, especialmente entre os profissionais em início de carreira, que na ânsia de atender todo mundo, acaba não atendendo aqueles que terão os melhores benefícios do serviço que preparou e desejou oferecer. Elevando o risco de dupla frustração: o cliente atendido não fica satisfeito e, você, não realimenta sua paixão por sua profissão e não atinge todo o seu potencial de ter um negócio bem remunerado.
A excelente notícia é que está ao seu alcance se remodelar, ajustar. Com uma escuta ativa e atenta e mapeamento. Com esses dois elementos, você será capaz de se mostrar ao seu mercado específico da melhor forma possível propositalmente e atrair os clientes certos.

Sua mudança começa agora! Tire alguns minutos para responder por escrito às perguntas: como tem se mostrado hoje? Está se expondo da forma que quer realmente ser visto? Reflita, pare, pense, estipule ações capazes de validar sua percepção para, então, se propor ajustes. Construir um negócio bem-sucedido é assim mesmo: tornar-se ajustável, adaptável. Não existe negócio de sucesso engessado, esses não têm mais espaço no mercado.

Rejane Duarte é coach em empreendedorismo e alta performance. Certificada pela Sociedade Latino Americana de Coaching (SLAC) e pela International Association of Coaching. Analista comportamental DISC. Administradora graduada pela Pontifícia Universidade Católica de Goiás (PUC-GO) e especialista em Liderança e Gestão Empresarial.

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Assine nossa Newsletter
Receba nosso melhor conteúdo.